10.10.06

Pe...

pele
pele
pele
pele
pele

14 comentários:

Anónimo disse...

Te agradeço.
Posso dizer que amo ler o que você escreve.
(((*******)))

Steban.

Anónimo disse...

não adianta eu dizer que só passo aqui depois de vc atualizar...
Amo o seu blog.

um carinho

Rayzn Alves

Seeds disse...

toque?

A.P. disse...

Passei por aqui para te ler.
Continuas sempre em alta.
:)

lyra disse...

toque, sabor, vida...sim,vida!
Olá Seeds :)

Rayzn passo tanto tempo sem actualizar...tenho dias.


Um beijo a.p :)


Sandra para ouvires a musica completa exprimenta deixar carregar a música completamente e depois actualizas a página. vais ver que resulta :)

Anónimo disse...

Estes silêncios tocaram-me bastante. Tens um dom especial.

G.

Anónimo disse...

Olá, encontrei o teu cantinho por mero acaso, gostei do que li. O teu blog é fantastico:))

Beijos meus

isa&luis

Mary wants a little Lamb disse...

Gosto muito de vir aqui!

Anónimo disse...

Gostava de poder comentar os outros posts. Escreves de uma maneira que cativa, que nos agarra.
Um abraço,
Heleder Martins.

Lia Palma disse...

Só para que saibas que continuo a ler-te, a descobrir-te ... a descobrir-me em palavras tuas! E tantas vezes o teu "silêncio" é espelho!
Obrigada pelos reflexos...

A. disse...

...eu sabia que havia aqui um espacinho para deixar palavras.
Encontrei.




Sempre atenta,vou lendo com todo o meu cuidado de mulher...atenta á dor,á solidão...ás noites e ás madrugadas mal passadas.
Todo o cuidado com a vida e a alma de quem sente.


Um beijinho.
ana.

A. disse...

E o que dizer...?






(...entre tu e eu,os meu olhos reconhecem-te como meu semelhante.
...entre tu e eu,existe uma frágil e subtil ponte que me liga a ti.)






...coisas que não podemos deixar de sentir.São nítidas...mesmo que nunca se tenha tocado na palavra.






Traz sempre pra ti,o que sentires que profundamente te toca.
Nada me pertence...como tudo na nossa vida.


...que bonito ficou Lyra.

opááááá.
;)

lyra disse...

vais comentar os meus posts aqui ? :)
deixo a porta aberta então. Para que caiam palavras como se fossem rebuçados a cair do céu.

nada nos pertence A. Nada.

(das imagens mais bonitas que já vi na vida. Tão expressiva tão...Pedro e Inês.)

A. disse...

:)
Siiim....deixa assim,entreaberta.
E eu...volto,encosto-me levemente
e entro num silêncio...muito teu.






(...acho que ao contrário da Alice,não vou reencontrar o caminho.)

...acho que por instinto deixas a Alice que mais esperança trouxe ao Intruso...aquela...a da cor,a do caminho que no fundo,no nosso mesmo profundo...nunca deixamos de percorrer.





...diz que sim Lyra.
Diz que que no tal mais profundo...até és capaz de
ser assim...mais feliz.



Ter coragem de...desejar,acima de tudo,mais...neste processo longo e difícil que é a frequente e adquirida disposição de sermos pessoas assim...Sós.





(...obrigada pela entrada.)
...e uma risota.só pa ti.
:)