22.8.08

"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."

Clarice Lispector

20 comentários:

Lyra disse...

terminou um ciclo...

as palavras ficam presas entre um soluço e as grades que cresceram dentro de mim.

talvez volte com outro nome, com outro "rosto", num outro caminho qualquer.


"a minha alma tem o imaterial peso da solidão no meio de outros"


um abraço.

Pêndulo disse...

Um abraço. por aí.

carlos disse...

Um grande nome, Clarice Lispector, infelizmente um pouco esquecido até no seu país de adopção, o Brasil.
Xicoração.

Cátia disse...

Como eu gosto de te ler. A sério que sim.

Abraço grande

Anónimo disse...

Gosto imenso de a ler ... aprecio mesmo atingindo-me a alma e os sentidos ... e arrebata emoções ... Espero que volte ...

ML

RACHACUCA disse...

você já consta da lista de vencedores do Teste de Einstein.

O RACHACUCA tem dezenas de outros desafios para você!

A. disse...

...


tudo passa....tudo passa.


e um beijo.grande.
*

Inês Leitão disse...

Todas as almas têm consigo o peso da luz :)


cheers

delusions disse...

vou ter saudades... espero pelo reencontro...



Sofia*

Anónimo disse...

Ocas as palavras...
Ecos de emoções...
Refúgio dos sentidos... e apenas mais silêncio...

_nc_nt_

A.P. disse...

Ficamos à espera da volta.
Também ando numa fase silenciosa.

Anónima por opção disse...

Parabéns pela escolha Musical ... gostei e que esta seja o pronuncio da volta :) cá espero ... deleitar-me com as suas palavras ...

Anónimo disse...

são memórias... músicas que marcaram determinados momentos.. e ao ouvi-las é como se os vivesse de novo. todos têm uma história. momentos..de todos os géneros. daí a variedade do que se ouve por ali..
quando as palavras deixarem de ser mordaça sou capaz de voltar.. quando já não tiver mais espaço aqui dentro, para todos os gritos.. são muito fortes.. guardo-os para que não façam barulho..


(foi você ML , que um dia me escreveu "dóie-me os olhos", achei o seu blog e li-o do principio ao fim de uma vez só"?)


Agradeço a todos.

da LYRA com ternura.

Anónimo disse...

Olá Lyra ... Boa tarde

Eu sou uma visitante de blogs ... e ao seu fazia visitas com frequência ... mas não tenho qualquer blog na net ...

Quanto aos ... silêncios...
Os silêncios são de ouro ... mas as palavras são portadoras de significados unidos .. para exprimir ... o pensamento ...

Esse nunca deve deixar de ser livre ...

Fico à espera do seu retorno...
:)

ML

Amaral disse...

Na verdade, o Natal terá de ser todos os dias!
Que todos os dias do novo ano sejam, então, natais de doce sabor, momentos desdobrados de amor colectivo, que nos faça ser aquilo que desejarmos em cada momento da vida...
Natal feliz para ti e para tudo à tua volta!

Divinius disse...

LINDO POST...
Boas festas:)

Pipa disse...

Uma borboleta que procura uma flor e passa por nós, uma criança que olha para dentro dos nossos olhos e salta directamente para a nossa alma, uma brisa que passa e agita as folhas da árvore para onde estamos a olhar, o cheiro da manhã húmida quando abrimos a porta de casa, o sorriso no olhar da menina que nos serve café...como estar só no meio de tanta beleza? Explica-me que eu gosto de ti!

Amaral disse...

Na impossibilidade de escrever "lá em cima", vamos dizer aqui duas palavras.
Benvida!... Benvinda!
E já agora: Grita! Escreve! Desabafa! Alivia o teu ser!... E vive da maneira que te sintas bem! Apenas isso!... Tens certamente muita gente que te vai apoiar!

Anónimo disse...

Vai e Volta
Na nave Espacial
da inteligência
No mundo especial
da escrita!

Num grito, na imensidão
Da Abundância da Vida
Num Mundo de imaginação
Numa Vivência Sentida!

Um Beijo e Bem Vinda
Ao Mundo das letras
Expressas por pensamentos Transcritos pelas nossas mãos.

:) gosto de a ler por cá...

ML

Ana Almeida disse...

Felizmente para nós que te lemos, "recomeçaste" também :)